Sistema de Soluções para Gestão de Clínicas Médicas
por Especialidades e Sub Especialidades.


Categoria: Urologia
Em 13/11/2015 Medsystem Publicou:
Software para urologistas urologia
Novo teste pode agilizar o diagnóstico de câncer de próstata
 
 
Um novo método de triagem de câncer de próstata pode melhorar o diagnóstico de casos agressivos. De acordo com um estudo publicado na revista “The Lancet Oncology”, o novo teste combina exame de sangue, marcadores genéticos e dados clínicos e é melhor para detectar câncer agressivo do que PSA.
 
O problema com PSA é que não se consegue distinguir entre câncer agressivo e câncer benigno, e quase sempre não se descobrem os casos agressivos. O novo teste STHLM3, desenvolvido por pesquisadores do Karolinska Institutet em Estocolmo, é um exame de sangue que analisa a combinação de seis marcadores de proteína, mais de 200 marcadores genéticos e dados clínicos (idade, histórico familiar e biópsias de próstata anteriores).
 
O estudo incluiu cerca de 59 mil homens de Estocolmo, de 50 a 69 anos de idade e foi realizado entre 2012 e 2015. O teste STHLM3 e o PSA foram realizados em todos os participantes e depois comparados. Os resultados mostram que o teste STHLM3 reduziu o número de biópsias em 30 por cento sem comprometer a segurança do paciente. Além disso, o teste STHLM3 descobriu câncer agressivo em homens com baixos valores de PSA.
 
Os autores acreditam que os resultados do estudo devam ser promissores. “Se pudermos introduzir um meio mais exato de testar o câncer de próstata, evitaremos que pacientes sofram sem necessidade e economizamos recursos para a sociedade”, disse o autor do estudo Henrik Groenberg. O teste STHLM3 estará disponível na Suécia em março de 2016 e agora será validado em outros países e grupos étnicos.
 
 
Fonte: thelancet.com acessado em 13/11/2015

Voltar

   Empresas       Contato       Comercial       Catálago